Receba dicas grátis!

Descubra como manter o ralo de piscina bem protegido

Hoje, ter um espaço de lazer com piscina é bem acessível. Porém, cuidar da manutenção e da segurança ao dentro e ao redor dela é muito importante.

Um dos itens mais importantes nos cuidados é o ralo de piscina. Ele é responsável por diversas funções e deve ser muito bem protegido para garantir a segurança de todos.

Para ajudar a manter o seu espaço de lazer impecável e seguro trouxemos algumas dicas sobre como manter o ralo de piscina bem protegido! Confira!

Entenda qual é a função do ralo

O ralo tem uma função prática, que é absorver, por meio da sucção, todas as sujeiras que alcançam o fundo da piscina. Ao mesmo tempo, ele proporciona a circulação da água.

Ele é um item básico que contribui para a filtração, sendo de grande ajudando na limpeza e manutenção geral do espaço com a ajuda de produtos químicos.

Veja o melhor modelo de ralo de piscina

É fundamental escolher o modelo de ralo de piscina mais adequado para sua área de lazer, considerando fatores como:

  • o volume de água do reservatório;
  • a potência da motobomba;
  • o tipo de piscina (alvenaria, fibra, vinil, concreto armado);
  • o sistema de filtragem.

Descubra mais sobre a legislação pertinente

O ralo também é chamado de dreno de fundo. Os aspectos técnicos devem ser baseados na NBR nº 10339/2019 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Essa norma trata das características do produto, orientando em relação ao seu posicionamento na piscina e ao tamanho ideal.

Saiba quais são os cuidados com o dreno de fundo

É da máxima importância verificar o ralo de piscina periodicamente para confirmar que está tudo bem. Essa verificação assegura o bom funcionamento do dreno.

É fundamental saber se o potencial de sucção está conforme o especificado na norma. Também é preciso ficar alerta ao caminho percorrido pela água na piscina. Os dois ralos devem ficar integrados, permitindo que a água entre no filtro e atravesse a tubulação de retorno. São dois ralos que correspondem à entrada e à saída da água.

Eis algumas ações que contribuem para otimizar a eficiência e a segurança da piscina:

  • instale dois ralos de fundo juntos para reduzir a pressão dos drenos e, se ocorrer algum problema, fica mais fácil socorrer os banhistas, desprendendo-os do poder de sucção;
  • conserve uma distância de, no mínimo, 1,5 m entre os dois ralos;
  • coloque uma tampa específica para cobrir o dreno de fundo ou use uma grade de acabamento (esse uso deve ser contínuo);
  • a fim de tornar a manutenção mais prática, use um skimmer integrado ao ralo no mesmo encanamento (assim, será usado somente um registro para ambos);
  • mantenha a velocidade da vazão de água em uma velocidade máxima de 0,6 m/s, pois ultrapassando esse valor, os riscos tendem a aumentar;
  • deixe a passagem da água desobstruída.

Observe os perigos envolvendo o ralo de piscina

Como os ralos apresentam um alto poder de sucção acabam se tornando perigosos também para os banhistas, principalmente para as crianças. A tampa do ralo torna-se, assim, um dispositivo da máxima proteção.

Os perigos envolvendo o dreno de fundo podem acarretar acidentes fatais por afogamento ou deixar sequelas para toda a vida.

Enfim, o ralo de piscina tem uma importante função e requer manutenção para garantir seu bom desempenho e medidas de segurança que ajudem a evitar acidentes com os banhistas.

Agora que aprendeu mais sobre dreno de fundo, aproveite para saber como reduzir os riscos de afogamento em uma piscina!

Adicionar comentário