Receba dicas grátis!

Que tipo de piso para piscina usar?

piso para piscinaPara ter uma piscina que atenda às suas necessidades é fundamental tomar cuidado com algumas decisões. Entre elas, está a escolha do tipo de piso para piscina. Se for de alvenaria, é necessário pensar no revestimento interno. Em todos os casos, é preciso definir corretamente o material usado na área ao redor.

Entre tantas opções do mercado, pode parecer difícil empregar a alternativa certa. Com conhecimento sobre o que é melhor para o seu projeto, entretanto, a etapa ficará menos complexa.

Para ajudá-lo na tarefa, veja algumas dicas para saber qual piso para piscina você deve utilizar.

Considere qual é a segurança

Um dos aspectos mais importantes é a segurança que o item escolhido oferece. Como se trata de uma área molhada, as decisões têm que ser tomadas de modo a evitar escorregões e acidentes.

No revestimento interno é um fator ainda mais relevante. Adotar uma cerâmica muito lisa leva à perda de aderência. Com isso, um escorregão pode fazer com que a pessoa fique submersa mesmo sem desejar.

Na área externa também é preciso selecionar opções com algum atrito. É natural que a região ao redor fique molhada, então as peças devem ser antiderrapantes para garantir a máxima proteção.

Avalie a durabilidade do material

Imagine ter que trocar todo o piso para piscina a cada 6 meses. É um gasto e tanto, certo? Por isso, opte por peças que sejam muito duráveis. Em primeiro lugar, adote linhas voltadas, especificamente, para áreas molhadas.

Também é importante prestar atenção ao fornecedor e fabricante. Marcas nacionalmente reconhecidas e com boas indicações oferecem um resultado melhor. Mesmo que, a princípio, custem um pouco mais, escolher peças duráveis é uma maneira de economizar no futuro.

Conheça a necessidade de limpeza e manutenção

Você também deve levar em consideração qual é a exigência de manutenção de cada piso para piscina. Alguns são mais fáceis de limpar do que outros e, dependendo do tempo disponível para dedicar, é preciso avaliar com cuidado.

Um revestimento interno de limpeza complicada, por exemplo, levará a um gasto maior de recursos. Por outro lado, ter um piso externo que quase não suja e que se mantém sempre adequado oferecerá muita satisfação com a escolha. Avalie, portanto, em qual é a alternativa prática para as suas exigências.

Pense na estética do piso para piscina

Além das questões funcionais, o visual não deve ficar de lado. Assim, você também tem que tomar a decisão baseando-se no que combina, verdadeiramente, com o estilo da sua piscina.

Para a parte interna é possível escolher pastilhas, azulejos ou cerâmicas de várias cores e tamanhos. Uma piscina com formato curvo, por exemplo, ficará melhor com pastilhas, já que o tamanho menor se adapta com facilidade. Já uma alternativa moderna pode funcionar muito bem com azulejos estampados.

No lado de fora é quase a mesma coisa. Pense na harmonia do ambiente e se deseja um visual sóbrio ou rústico, como os pisos que imitam pedra. Ao final, terá uma combinação interessante e que deixa tudo mais bonito.

Ao considerar esses fatores, será fácil definir qual piso para piscina usar. Como consequência, todos poderão aproveitar o espaço com segurança, conforto e muita satisfação!

Restou alguma dúvida para fazer a compra certa? Conte nos comentários e participe!

Adicionar comentário