Receba dicas grátis!

Piscina de fibra: saiba mais sobre a instalação e manutenção

Quem sonha em ter uma piscina em casa sabe que o investimento vale a pena. Afinal, nada melhor do que ter uma opção de lazer para aproveitar os dias ensolarados. Inclusive, quem opta pela piscina aquecida, pode, até mesmo, curtir também nos dias frios.

Quando falamos na instalação deste tipo de lazer, é comum pensarmos em grandes reformas. No entanto, a piscina de fibra de vidro veio para derrubar esse paradigma. Trata-se de uma opção fácil de instalar e com ótima durabilidade. Quer saber mais sobre a instalação e manutenção? Continue a leitura deste post!

Veja como é a piscina de fibra

Quem busca por uma piscina com ótimo custo-benefício se encanta com a piscina de fibra. Ela tem durabilidade que pode chegar até 20 anos. Durante esse tempo, a fibra pode ficar desbotada e esbranquiçada, mesmo que os cuidados sejam tomados.

Essas piscinas começaram a ser construídas nos anos 50. Elas foram inspiradas nos barcos confeccionados com o mesmo material. Uma das suas principais características é a leveza, consequentemente, facilita a instalação em apartamentos ou coberturas.

Entenda como a instalação é feita

Como falamos, as piscinas de fibra são bem fáceis de instalar. Primeiramente, é realizada a escavação do terreno no local de instalação. Como é feita de um material leve, não necessita do uso de malhas de ferro, vigas e argamassa. Para garantir a instalação correta, sem rachaduras ou vazamentos, é muito importante conferir o nivelamento.

Em seguida, a piscina é colocada no buraco. Depois, as tubulações hidráulicas e bombas d’água são colocadas — são o que mantêm o fluxo de água dentro da piscina. Para preencher o entorno da piscina, uma mistura de areia, cimento e terra faz a vedação.

Vale destacar que, nesse momento, é possível encher a piscina para auxiliar no assentamento do solo. Quando o solo estiver totalmente compactado, o contrapiso e revestimentos externo são colocados em volta da piscina.

Saiba quais são os cuidados com a manutenção

A piscina de fibra, mesmo com todos os cuidados indicados, pode ficar com o aspecto de desgaste. Por isso, é essencialmente importante ter atenção à manutenção. Como o revestimento é bem característico, a piscina de fibra não pode ser esvaziada sem antes haver o escoramento das paredes. Isso porque há o risco de quebrar ou, até mesmo, trincar se ela estiver seca e sem suporte.

Abaixo, confira outros cuidados para que você aproveite ao máximo a piscina de fibra de forma segura e com garantia de diversão:

  • conserve a área externa limpa: isso impede que a sujeira caia na água;
  • retire os resíduos da água: com o auxílio de uma peneira ou rede apropriada, retire resíduos, como insetos e folhas;
  • aspire a piscina: passe o aspirador lentamente no fundo da piscina para que a água suja seja sugada. Repita esse processo uma vez por semana;
  • equilibre o nível químico de água: verifique, duas vezes por semana, o nível de cloro e pH da água;
  • faça a manutenção da bomba d´água: limpe os filtros de acordo com as instruções do fabricante para manter o equipamento em bom funcionamento.

Como vimos, a piscina de fibra é uma ótima opção para quem não quer gastar muito e ainda deseja garantir uma instalação prática e rápida. Com os cuidados e a manutenção necessária, certamente, você vai aproveitar ao máximo os dias quentes!

E você, gostou de saber mais sobre a piscina de fibra? Então aproveite e curta a nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades!

Adicionar comentário