Receba dicas grátis!

6 formas de economizar a água da piscina

Ter uma piscina em casa é sinônimo de lazer. Reunir os amigos e familiares para um dia de sol, refrescando-se na água para amenizar o calor é uma ótima pedida para o verão.

Entretanto, com o alto volume de água utilizado para encher a piscina, é importante estar atento com o desperdício. Tanto pela economia da conta de água de final do mês, quanto pela escassez natural deste bem. Esses dois fatores são importantes e mostram que é preciso ter consciência e economizar no gasto.

E ao contrário do que muitos pensam, é possível, sim, economizar. Até mesmo no verão mais quente, algumas medidas básicas, porém muito efetivas, podem minimizar o gasto desnecessário.

Confira 6 dicas que vão te ajudar a aproveitar ainda melhor este lazer:

Investir em bons equipamentos

Na hora de comprar os equipamentos, como bombas, filtros, entre outros materiais, fique atento ao tipo de economia que esses produtos podem oferecer. Cada vez mais as marcas estão alinhadas com questões ambientais e apresentam novidades para este fim.

Estar com a manutenção em dia

Assim como um carro, que precisa de revisão frequente para o diagnóstico de possíveis problemas, o mesmo acontece para a piscina. Isso porque o mau funcionamento da água compromete a sua qualidade, gerando um alto consumo.

Por isso, sempre que possível, esteja com a revisão da bomba e filtros em dia. Analise se eles estão funcionando corretamente. Além disso, também observe se há vazamentos ou outras fugas de água.

Mantenha a piscina sempre limpa

A regra é clara: quanto mais estiver limpa, menos você precisará trocar a água. Por isso, mantê-la sempre livre de sujeiras é importantíssimo para uma economia real e relevante. Alguns detalhes como esses fazem a diferença:

  • -Limpeza da superfície com peneiras eficientes,
  • Aspiração da sujeira no fundo;
  • Filtração da água por, no mínimo, 6 horas,
  • Ajuste do PH, do cloro e da alcalinidade sempre que julgar necessário.
  • Não deixe a água evaporar

Após o uso da piscina, é comum a deixarmos descoberta. Entretanto, este é um erro comum e um dos principais responsáveis pela necessidade de reposição constante da água. Por isso, investir em uma capa protetora com cobertura plástica para cobri-la é essencial para combater o desperdício.

Cuidado para não transbordar

Mantenha a piscina sempre com o nível de água recomendado, aproximadamente entre 10 cm a 15 cm abaixo do nível das margens. Isso evitará que muita água vá para fora toda vez que alguém pular.

Faça a retrolavagem

É o processo de filtragem da água, fazendo com que ela possa ser reaproveitada várias vezes, diminuindo o seu consumo. Invista neste equipamento para ajudar na economia da água da sua piscina.

Ter uma piscina em casa exige alguns cuidados básicos quando o assunto é economia. Mas, com essas dicas simples, você já poderá notar uma grande diferença na sua próxima conta e ainda ajudará com as questões ambientais. Bom mergulho!

Quer mais dicas de cuidados para sua piscina? Confira aqui.

Adicionar comentário