Receba dicas grátis!

3 cuidados com a pele para entrar na piscina

cuidados com a pele para entrar na piscina

cuidados com a pele para entrar na piscina

Chegou o verão? Logo imaginamos horas relaxando na piscina. No entanto, o cloro e os produtos utilizados na limpeza da água podem fazer verdadeiros estragos na sua pele. Você sabia disso? É importante, então, cuidar de seu corpo de maneira adequada.

E como desejamos que você aproveite apenas o melhor do verão, reunimos neste post 3 cuidados com a pele para entrar na piscina, sem correr nenhum risco. Veja abaixo essas recomendações e mantenha sua pele saudável durante toda a temporada de calor!

1. Evite os produtos que têm ação antibacteriana

O cloro da água é responsável por diminuir a proliferação de bactérias, fungos e algas. Dessa forma, quando você entra em contato com a substância, aquela ação também vai acontecer na sua pele. Isso quer dizer que o cloro removerá os microrganismos da sua flora bacteriana, que são muito importantes para regular diversas funções e evitar a proliferação de micoses.

Por esse motivo, durante essa época de calor, é interessante deixar de lado os sabonetes com ação antibacteriana. Como a sua pele já está mais exposta (e com a proteção natural mais precária), ao invés de ajudar, os sabonetes daquele tipo vão deixá-la ainda mais vulnerável a agentes externos. Substitua esses produtos por outros mais hidratantes, como aqueles feitos à base de óleos naturais.

2. Beba muita água e hidrate bastante seu corpo

Os produtos usados na limpeza das piscinas acabam removendo também bastante da camada lipídica da nossa pele. Assim, sem a oleosidade natural, seu corpo fica com aspecto de ressecado, podendo coçar e, até mesmo, apresentar rachaduras.

Para evitar, a hidratação é um dos principais cuidados com a pele para entrar na piscina. Invista em produtos hidratantes antes e depois de nadar. Óleos corporais para usar durante o banho e hidratantes à base de ureia são algumas das opções para restaurar a camada lipídica comprometida pelo cloro.

Não deixe de ingerir líquidos com frequência. Além disso, como sua pele já está bastante ressecada e sensível, é bom suspender o uso de produtos muito abrasivos, como adstringentes e esfoliantes.

3. Use protetor solar como um dos cuidados com a pele para entrar na piscina

O protetor solar tem uma função fundamental para proteger você das agressões dos raios UVA e UVB. O que pouca gente sabe é que o produto pode ser também um grande aliado para proteger sua pele das agressões do cloro das piscinas.

O líquido atua como uma camada protetora, que retarda a ação do cloro na sua pele. Especialmente as versões que não saem na água acabam por constituir uma barreira natural contra agentes químicos. Mais um motivo para não descuidar do protetor solar!

Tomar certos cuidados com a pele para entrar na piscina evita o aparecimento de diversos incômodos, como micoses e frieiras. O ressecamento pode deixar o corpo com uma aparência esbranquiçada e quebradiça, além de causar desconfortos como coceiras e rachaduras na pele. Por isso, dobre os cuidados com a hidratação, evite banhos muito quentes, não use produtos abrasivos ou com ação antibacteriana e não descuide do protetor solar.

Gostou das dicas? Compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude seus amigos a aproveitarem o melhor do verão!

Adicionar comentário